CONSELHOESCOLAR

CONSELHOESCOLAR

quarta-feira, 13 de junho de 2012

CADERNO 10 - CONSELHO ESCOLAR E A RELAÇÃO ENTRE A ESCOLA E O DESENVOLVIMENTO COM IGUALDADE SOCIAL

OBJETIVOS:

  • Refletir sobre a importância da escola, enquanto um espaço de desenvolvimento de igualdade social;
  • Fazer do Conselho de Escola um colegiado que discuta e delibere ações neste contexto, levando em consideração o exercício coletivo da cidadania.
AT. 10.1 - DISCUSSÃO EM BLOG: A CONTRIBUIÇÃO DA ESCOLA PARA O EXERCÍCIO COLETIVO DA CIDADANIA

SINOPSE

Debata no blog:
Na página 32 deste Caderno, encontramos os objetivos de desenvolvimento que os Chefes de Governo de 189 países se comprometeram a cumprir, para o ano de 2015. São eles:
  1. Erradicar extrema pobreza e a fome;
  2. Atingir o ensino básico universal;
  3. Promover a igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres;
  4. Reduzir a mortalidade infantil;
  5. Melhorar a saúde materna;
  6. Combater o HIV/AIDS, a malária e outras doenças;
  7. Garantir a sustentabilidade ambiental;
  8. Estabelecer uma parceria mundial para o desenvolvimento.
Outra questão relevante que o Caderno aborda é que a escola, por estar situada em um determinado espaço social, pode desempenhar um papel importante no seu entorno, visando contribuir para o exercício coletivo da cidadania.

Pensando nestas duas colocações acima, discuta no blog:
a)   Como a escola pode contribuir para o exercício coletivo da cidadania?
b)   Qual é o papel do Conselho de Escola nesta contribuição?
c) Quais seriam as ações efetivas do CE neste contexto (no plano ideal)?

Orientações para participar
Caro(a) cursista(a),
Faça uma primeira leitura do Caderno 10. Após esta leitura, faça uma segunda, anotando as principais ideias e conceitos.
Considerando suas leituras, reflita sobre as questões colocadas acima e debata no blog.

POSTAGEM
Prazo: 30/10 a 06/07 (7 dias)

Valor: 0 – 10

Atividade vale frequência.
 

90 comentários:

  1. Na história do povo brasileiro nunca se falou tanto em cidadania e em direitos humanos como nas últimas décadas. É com a Constituição de 1988, a mais liberal e democrática da história do país que os direitos foram ampliados em todas as dimensões: civil, política, social e cultural. Ficou conhecida como "Constituição Cidadã". A motivação para investigar a formação da cidadania no espaço escolar esta relacionada a alguns fatores que fazem parte de nossa vida. A maioria da população brasileira não tem os direitos básicos assegurados, ou simplesmente desconhecem tais direitos, direitos que possam garantir uma vida digna, entre estes se encontram educação, saúde, moradia, trabalho e lazer. A escola pública, por sua importância, tem recebido olhares e ações dos diferentes segmentos da sociedade. Um desses segmentos corresponde aos espaços de participação da comunidade e, especialmente, aos Conselhos Escolares, cuja formação e atuação vêm sendo estimuladas pelo governo. Essa participação requer, em primeiro lugar, que a comunidade tenha conhecimento e consciência de seu espaço de poder, e de que a “coisa publica” pertence aos cidadãos. Conscientizar a comunidade sobre a importância da participação, por meio do Conselho Escolar, irá resultar em ações efetivas, como a promoção da qualidade socialmente desejada da Educação; oferecendo subsídios aos sistemas municipais sobre o impacto na gestão democrática das estratégias de escolha dos diretores das escolas; desempenhar sua função de acompanhamento do processo educativo e a de ser co-responsável pelo planejamento, implementação e avaliação do projeto político-pedagógico da escola, dentre outras, são ações imprescindíveis.

    Heloisa M. de Barros Gomes - COOrdenadora Pedagógica do CEIM Distrito Toriba do Sul.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você Helo, quando cita que a comunidade tenha conhecimento e consciência de seu espaço de poder, e de que a “coisa publica” pertence aos cidadãos.
      Alguns cidadãos ainda não vão atrás de seus direitos, pois desconhecem ou ainda tem medo ou insegurança de dar opiniões sobre algum assunto, mas não é bem assim temos que participar das ações de nossa escola juntamente com Conselho Escolar, pois para formamos cidadãos críticos e participantes, antes temos que ser, para depois transmitir, não adianta ficar só no blá blá blá, temos que acompanhar o processo educativo, pois são nossos filhos o futuro da nação, então temos que garantir uma vida digna, e um estudo de qualidade para melhor desempenho no futuro.
      LUCILEI DE FREITAS NUNES ALMEIDA
      CEIM VILA DOM SÍLVIO

      Excluir
  2. "Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantido-se aos brasileiros e estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e a propriedade". Artº 5º Constituição Brasileira,1988. Será que isso realmente está acontecendo? Claro que não está acontecendo, ainda, mas espera-se que num futuro não tão distante, isso realmente aconteça! É aí que entra os Conselhos Escolares como órgãos normativos. Efetivamente, um Conselho de Educação somente cumprirá sua verdadeira função de órgão de Estado se for a expressão da voz da sociedade, desde seus diferentes pontos de vista.
    Os Conselhos – é bom insistir – não falam pelos dirigentes (governo), mas aos dirigentes em nome da sociedade. Por isso, para poder falar em nome da sociedade a partir dos diferentes pontos de vista, para traduzir os anseios da comunidade e não simplesmente legitimar a voz da direção, a composição dos conselhos precisa representar a diversidade, a pluralidade das vozes de sua comunidade. E deve agir com ações concretas que contribuam para a cidadania.

    Funcionárias do CEIM Toriba do Sul - Edite, Vanda, Teresa, Joana e Maria Cristina.

    ResponderExcluir
  3. Realmente meninas do CEIM Distrito de Toriba do Sul, concordo com vocês em tudo o que disseram.
    O Conselho Escolar, fórum da voz plural da comunidade interna e externa da escola, assume função especial na promoção da qualidade social da educação. Mas como um parceiro de todas as atividades que se desenvolvem no interior da escola. E, nessa linha de raciocínio, a função principal do Conselho Escolar está ligada a essência do trabalho escolar, isto é, está voltada para o desenvolvimento da prática educativa, na qual o processo ensino-aprendizagem deve ser o foco principal, sua tarefa mais importante. Com isso, a ação do Conselho Escolar torna se político-pedagógica, pois se expressa numa ação sistemática e planejada, com o intuito de interferir sobre a realidade, transformando-a. Para melhor,... é claro!!

    Heloisa M. de B. Gomes - Coordenadora CEIM Distrito Toriba do Sul.

    ResponderExcluir
  4. Heloisa muito reflexivo o que você escreveu acima!
    A implantação do Conselho Escolar deve possibilitar a utilização de novas formas de Gestão por meio de um modelo de administração coletiva em que todos podem e devem participar das atividades realizadas (tomada de decisões e a execução e avaliação das ações realizadas na instituição escolar), envolvendo questões administrativas, pedagógicas e financeiras da escola.
    A esse respeito, Werle (2003) destaca que o Conselho Escolar é um órgão formado por um grupo de pessoas que são diferentes entre si, mas que se reúnem para solucionar problemas e desenvolver atividades na escola, contribuindo, assim, de alguma forma para o crescimento e desenvolvimento da instituição. Além de participar da elaboração e aplicação do regimento escolar, e dos recursos da instituição, o Conselho também fornece assessoramento e delibera sobre os assuntos pedagógico-administrativos da escola. O Conselho deve participar de todas as instâncias que dizem respeito à instituição escolar. O Conselho Escolar, ainda que com inúmeras limitações, representa uma iniciativa que vem contribuindo para o início do desenvolvimento de uma cultura participativa no âmbito da instituição escolar.

    Funcionárias do CEIM Distrito de Toriba do Sul - Edite,Vanda, Teresa, Joana e Maria Cristina.

    ResponderExcluir
  5. A escola pode contribuir, sobretudo, com a indução sistemática quanto à necessária articulação entre as ações pedagógicas e políticas para a formação de um cidadão crítico e criativo capaz de concorrer para as mudanças profundas na sociedade. O Conselho Escolar pode exercer um papel relevante na gestão escolar (pedagógico-administrativa) contribuindo para a construção e implementação do projeto político-pedagógico da escola e para o alargamento do horizonte cultural dos estudantes. Nesse processo, o Conselho Escolar, ao atuar plenamente, no sentido de contribuir com a ampliação das oportunidades de aprendizagens dos estudan¬tes, não só se fortalece como instância de controle social como também auxilia a escola pública no cumprimento de sua função social. As ações efetivas do CE poderiam ser: fazer da escola um ambiente atrativo, oferecer projetos comunitários visando a interação e permanência dos alunos na escola e buscar apoio que pode ser feito mediante à organização de fóruns ou de centros de apoio ao desenvolvimento local e de promoção da moradia.

    ANA PRISCILA BEGO PEREIRA
    CEIM Itaberá
    At. 01 – Cad. 10

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem duvida Ana Priscila que a escola tem esse papel de articular as ações pedagógicas e políticas para a formação de um cidadão crítico e criativo capaz de concorrer para as mudanças profundas na sociedade. E nesse contexto o Conselho Escolar é uma ponte que une a escola com a sociedade permitindo a participação de todos.
      Luciane
      Magna Almeida
      CEIM – Casa de Jesus

      Excluir
    2. Luciane Santucci4 de julho de 2012 00:19

      Gostei de sua resposta Luciane! Quando comenta sobre o conselho escolar, colocando-o como uma ponte unindo a escola e a sociedade. Pois é realmente isso que o conselho escolar deve fazer;tomando decisões adequadas dentro da escola, poderá ajudar o aluno para viver na sociedade.
      Luciane Aparecida Lobo Santucci
      EMEI"Arco-Íris"

      Excluir
    3. Boa tarde Ana Priscila... concordo com você quando diz "A escola pode contribuir, sobretudo, com a indução sistemática quanto à necessária articulação entre as ações pedagógicas e políticas para a formação de um cidadão crítico e criativo capaz de concorrer para as mudanças profundas na sociedade. O Conselho Escolar pode exercer um papel relevante na gestão escolar (pedagógico-administrativa)...". Pode e deve exercer esse papel relevante na gestão escolar, para que esta seja realmente democrática.

      Heloisa M. de B. Gomes - Coord Pedag. do CEIM Distrito de Toriba do Sul.

      Excluir
    4. Realmente Heloisa, é exatamente isso que estamos aprendendo com este curso, que o CE deve e pode ser um meio articulador promovendo a participação de todos, pois o que se percebe é que há ainda pouca participação dos pais em reuniões de pais ou em reuniões com outros fins, as vezes por medo, falta de instrução, vergonha, mas hoje a realidade é outra, e nesse caso a participação é sempre bem vinda com fim de promover a cidadania, buscando melhorar o âmbito escolar dos próprios filhos(as).

      Josina Elisabeth de Mello Barreira – Diretora - CEIM Itaberá, CEIM Dom Silvio e CEIM Distrito Toriba do Sul.

      Excluir
    5. Bem isso Beth!! Até agora lemos, refletimos e aprendemos muito sobre Conselhos Escolares,como deve ser sua formação, posicionamento, participação ativa nas U.E.s, etc.., mas agora vamos ter que arregassar as mangas e colocar o que aprendemos na prática. Não é? Vamos a luta!

      Heloisa Barros - Coord. Pedag. CEIM Distrito de Toriba do Sul.

      Excluir
  6. A escola está situada em um determinado espaço e pode desempenhar um papel importante no seu entorno visando contribuir para o exercício coletivo da cidadania. Dependendo do nível de inserção e compromisso com a comu-nidade, a escola constitui um espaço estratégico para o desenvolvimento de ações coletivas que materializam o exercício de sua função social. O Conselho Escolar pode exercer um papel relevante na gestão escolar (pedagógico-administrativa) contribuindo para a construção e implementação do projeto político-pedagógico da escola e para o alargamento do horizonte cultural dos estudantes. Fazer da escola um ambiente atrativo, que mobilize a atenção de um contingente de estudantes, não constitui certamente uma tarefa fácil para os profissionais da educação; a escola pode procurar interagir com os projetos comunitários, de natureza socioeducativa, que visem promover o ingresso, o regresso, a permanência e o sucesso dos estudantes na escola e discutir, dentro e fora da escola, o projeto de desenvolvimento local e o Plano Diretor da cidade, o que pode ser feito mediante o apoio à organização de fóruns ou de centros de apoio ao desenvolvimento local e de promoção da moradia.

    Alexandra Cristina Ferreira Silva
    CEIM – Casa de Jesus – At.01-10
    Itaberá – SP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alessandra P.de Paula4 de julho de 2012 20:51

      Boa noite Alexandra, concordo com você quando diz que fazer da escola um ambiente atrativo, que mobilize a atenção de um contingente de estudantes, não constitui em uma tarefa fácil para os profissionais da educação.


      Alessandra P. de Paula
      CEIM Itaberá
      AT.01_10

      Excluir
  7. A educação escolar, como direito social, teria como um de seus principais objetivos contribuir para a socialização, envolvendo todos os aspectos da vida em sociedade. O Conselho Escolar pode exercer um papel relevante na gestão escolar (pedagógico-administrativa) contribuindo para a construção e implementação do projeto político-pedagógico da escola e para o alargamento do horizonte cultural dos estudantes. O CE tem inúmeras ações que possam contribuir para o exercício da cidadania, começando no âmbito escolar como: fazer da escola um ambiente atrativo, ou seja abrir as portas da escola para a sociedade, participar de projetos comunitários, de natureza socioeducativa, que visem promover o ingresso, o regresso, a permanência e o sucesso dos estudantes na escola e discutir, dentro e fora da escola, o projeto de desenvolvimento local e o Plano Diretor da cidade, o que pode ser feito mediante o apoio à organização de fóruns ou de centros de apoio ao desenvolvimento local e de promoção da moradia.

    Luciane Magna Almeida
    CEIM – Casa de Jesus – At.01-10
    Itaberá – SP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luciane, concordo com você,quando diz que o Conselho Escolar tem inúmeras ações que possam contribuir para o exercício da cidadania, começando no âmbito escolar como: fazer da escola um ambiente atrativo, ou seja abrir as portas da escola para a sociedade, participar de projetos comunitários, de natureza socioeducativa, que visem promover o ingresso, o regresso, a permanência e o sucesso dos estudantes na escola.
      Maria Betânia Falsarella
      CEIM - Casa de Jesus

      Excluir
    2. Márcia Ferreira Magalhães12 de julho de 2012 16:24

      Luciane, interessante sua colocação, pois a vinculação da escola com a sociedade e com os projetos socioeducativos, bem como o reconhecimento dos mecanismos de exclusão e discriminação de quaisquer ordens, presentes na sociedade e na escola, para melhor enfrentá-los e superá-los, a igualdade torna-se, pois, o pressuposto fundamental do direito à educação, sobretudo nas sociedades politicamente democráticas e socialmente desejosas de uma maior igualdade entre as classes e entre os indivíduos que as compõem e as expressam.
      EMEI"Arco-Íris".

      Excluir
  8. A educação escolar, ao internalizar princípios e valores, teria como um de seus principais objetivos contribuir a socialização, em sentido amplo, envol¬vendo todos os aspectos da vida em sociedade. Tendo em vista o cumprimento deste papel, a escola não deve se descurar da preparação para o exercício da cidadania. O Conselho Escolar pode exercer um papel relevante na gestão escolar (pedagógico-administrativa) contribuindo para a construção e implementação do projeto político-pedagógico da escola e para o alargamento do horizonte cultural dos estudantes, por isso é importante a participação de todos nesse processo, ou seja uma construção coletiva. Algumas das ações do E é promover essa participação da sociedade, garantir acesso a escola, ou seja, zelar como um todo da escola, em todos os segmentos que envolvem a escola e sociedade.

    (AT. 01-10) Josina Elisabeth de Mello Barreira – Diretora - CEIM Itaberá, CEIM Dom Silvio e CEIM Distrito Toriba do Sul.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beth também acredito que as ações do CE são importantíssimas para promover a participação da sociedade, para garantir acesso a escola, zelando em todos os segmentos que envolvem a escola e sociedade.

      Alexandra Cristina Ferreira Silva
      CEIM – Casa de Jesus

      Excluir
    2. Pois é Alexandra é com a participação ativa de todos os segmentos que se é possivel alcançar os objetivos almejados dentro da Escola, nada se conquista sozinho, é um trabalho mútuo afim de um único objetivo que favoreça a todos envolvidos nesse processo.

      Filomena Tonon Cimatti
      CEIM itaberá

      Excluir
  9. A escola pode contribuir com a indução sistemática quanto à necessária articulação entre as ações pedagógicas e políticas para formação de um cidadão crítico e criativo capaz de concorrer para as mudanças na sociedade, daí a importância de se buscar a construção coletiva do projeto político-pedagógico que se constitua nas ações pedagógicas e Curriculares desenvolvidas pela escola.
    A educação escolar, como direito social, teria como um de seus principais objetivos contribuir para a socialização todos os aspectos da vida em sociedade.
    O Conselho Escolar contribui para a construção e implementação do projeto político-pedagogico da escola no sentido de ampliação das oportunidades de aprendizagens dos estudantes, não só se fortalece como também auxilia a escola pública no cumprimento de sua função social.
    As ações do conselho considera a multiplicidade de formas de atuação das escolas e de seus profissionais tais como: mapear as organizações populares existentes no bairro, promover assembleias externas, em parceria com as entidades da sociedade civil, para analisar ou propor políticas de desenvolvimento local e inventariar a situação do bairro com o objetivo de compreender o contexto social, econômico e político, o que significa entender o bairro, suas perspectivas, potencialidades, projetos do setor público e do setor privado que modificarão a vida local.
    LUCILEI DE FREITAS NUNES ALMEIDA
    CEIM VILA DOM SILVIO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lucilei concordamos com você quando afirma "... As ações do Conselho Escolar considera a multiplicidade de formas de atuação das escolas e de seus profissionais tais como: mapear as organizações populares existentes no bairro, promover assembleias externas, em parceria com as entidades da sociedade civil, para analisar ou propor políticas de desenvolvimento local e inventariar a situação do bairro com o objetivo de compreender o contexto social, econômico e político,...". É bem asim que deve ser, e nós estamos nos conscientizando disso agora, com este curso de formação em Conselhos Escolares.

      Funcionárias do CEIM Distrito de Toriba do Sul - Edite, Vanda, Teresa, Joana e Maria Cristina.

      Excluir
  10. Sendo a escola local privilegiado de formação e construção do saber, é assim também local de promoção dos direitos do indivíduo, potencializando-os para entender e viver criticamente numa sociedade onde regras e valores se perderam e nem sempre sabem ou são instruídos de seus direitos, a escola para formar cidadãos críticos, pensantes e ativos na sociedade em que vivem precisa trabalhar coletivamente, nesse contexto entra a participação do Conselho Escolar e seus respectivos conselheiros no planejamento de ações que visem o aluno, sua formação e capacitação, contemplando todas suas necessidades educacionais, porém, enquanto educação for tratada como a milionésima prioridade das políticas públicas não atingiremos os objetivos esperados para erradicação da miséria e fome, reduzir a mortalidade infantil, garantir a sustentabilidade ambiental e outros objetivos esperados para até 2015.
    Luíz Henrique de Melo
    Oficina Pedagógica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Henrique, achei interessantíssimo quanto você aponta que se a educação for tratada como a milionésima prioridade das políticas públicas não atingiremos os objetivos esperados para erradicação da miséria e fome, reduzir a mortalidade infantil, garantir a sustentabilidade ambiental e outros objetivos esperados para até 2015. Ainda não caiu a ficha de muitos políticos, que sem educação o Brasil não caminha, ate quando será que esse descaso permanecerá?

      ANA PRISCILA BEGO PEREIRA
      CEIM Itaberá

      Excluir
    2. É Ana Priscila, todos nós envolvidos e comprometidos com a educação nos fazemos essa pergunta: até quando? A resposta está difícil de ser encontrada e o problema sanado, em discursos demagogos de políticos e outros envolvidos em políticas públicas voltadas para a educação sempre se dirigem a educação como a redentora dos problemas sociais do Brasil e de países em desenvolvimento, mas o que efetivamente é feito para que a educação seja a ponte de ligação das mudanças e melhoras almejadas?
      Luíz Henrique de Melo
      Oficina Pedagógica

      Excluir
    3. Alessandra P.de Paula4 de julho de 2012 21:02

      Henrique também acredito que muitas vezes os indivíduos nem sempre sabem ou são instruídos de seus direitos, e enquanto nossa educação for tratada como a milionésima prioridade das políticas públicas nunca atingiremos os nossos objetivos.

      Alessandra P. de Paula
      CEIM Itaberá

      Excluir
    4. Olá Henrique gostei da sua colocação pois o Conselho Escolar deve participar do planejamento de ações que visem o aluno, sua formação e capacitação, contemplando todas suas necessidades educacionais como prioritárias. Sabemos que o primeiro passo pra que isso ocorra pertence aos membros da comunidade escolar e não somente aos governantes, o respeito ao aluno e as suas reais necessidades também implica na mudança da postura da escola, que deixará de olhar para o que gostaríamos de fazer e passará a velar pelo que realmente é melhor “para a criança em questão “.Assim como nossos governantes muitas vezes deixam a educação em segundo plano ,a comunidade escolar também muitas vezes não prioriza seus atos com foco na criança, principalmente porque isso nos fará sair de nossa zona de conforto e não é um trabalho fácil ,visto que cada especificidade deverá ser trabalhada e respeitada ,trabalhar a criança não significa fazer por todas a mesma coisa ,cada uma tem suas necessidades de aprendizagem e seu ritmo que deve ser respeitado. Para desenvolver habilidades e competências precisamos saber como o aluno aprende e o que se faz relevante aprender, traçando metas para cada aluno e as adaptações curriculares necessárias no PPP (não só no papel mas nos atos)...como disse a Helô em outro comentário precisamos arregaçar as mangas porque temos muito trabalho a frente , o tempo urge ...
      Marisa Cristiano ,EMEI "Arco-Íris"

      Excluir
  11. Vivemos num país livre, cheio de gostos, costumes e tradições variadas, assim também a pluralidade de ideias e através do respeito ao outro, as particularidades do outro é que fazemos uma educação de qualidade, o foco principal da escola. O conselho escolar trabalhando em conjunto com os saberes dos alunos e contribuição da cultura local promove uma integração de experiências, nessa coletividade de ações o conselho e seus conselheiros devem intervir em atividades que integrem a comunidade, que leve a comunidade para dentro da escola.
    Edinéia Aparecida Gomes Machado
    EMEI “ARCO-ÍRIS”

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Neia, destaco quando você diz que “que é com as particularidades do outro é que fazemos uma educação de qualidade, o foco principal da escola.” Justamente nesse contexto que acorre a cidadania, promovendo a participação de todos, mas sempre com o respeito ao próximo.

      Josina Elisabeth de Mello Barreira – Diretora - CEIM Itaberá, CEIM Dom Silvio e CEIM Distrito Toriba do Sul.

      Excluir
    2. Boa tarde Néia concordo com você que através do respeito ao outro e as particularidades fazemos uma educação de qualidades, são pequenos gestos, valores e convivência saudável que contribuem para o exercício da cidadania.
      Silvana Eloá de Moura
      EMEI "Arco-Íris"

      Excluir
    3. Concordo com vocês, pois, o respeito é muito importante para o sucesso de nosso trabalho, é necessário respeitar e trabalhar da melhor forma possível, abrangendo a todos e valorizando cada um,pois cada um é importante com as particularidades que possui. O respeito é uma virtude e quem sabe utilizá-lo consegue mover muitas muralhas, consegue realizar maravilhas em suas ações.

      Aline Lacerda

      CEIM VILA DOM SÍLVIO

      Excluir
    4. isso mesmo neia vivemos em um pais livre, rico em gosto,costumes,e tradiçoes , e nossa escola tamben tem que dar continuidade a esse foco , e com a ajuda do conselho escolar ,trabalhar em conjunto com a comunidade buscando somar qualidade de ensino.,
      lucimara j. almeida
      c.e.i.m. itabera

      Excluir
  12. A escola pode contribuir para o exercício da cidadania articulando ações que privilegiem a formação do ser enquanto ser em formação, tornando-os cidadãos de fato, conhecedores de seus direitos e deveres e o Conselho Escolar deve contribuir propondo alternativas que aproxime a comunidade da realidade escolar, maior fiscalização e acompanhamento das ações da escola, tornando um campo amplo do saber e do conhecimento.
    Eliete Gomes Machado Gil
    EMEI “ARCO-ÍRS”

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eliete gostei de sua frase “formação do ser enquanto ser em formação”, pois essa formação acontece desde o momento em que nascemos e tudo vai se transformando com o passar dos anos, onde inicia os conhecimentos prévios da vida, tornando-os conhecedores de seus direitos e seus deveres na sociedade e formando-os cidadãos críticos e conhecedores de seus direitos com respeito e dignidade. O Conselho Escolar deverá contribuir com a comunidade escolar acompanhando as ações da escola e trabalhando em união com a equipe escolar para que essa formação de fato aconteça.
      LUCILEI DE FREITAS NUNES ALMEIDA
      CEIM VILA DOM SÍLVIO

      Excluir
    2. Luciane Santucci4 de julho de 2012 11:33

      Bom dia Eliete! Concordo com sua colocação e gostei quando ressaltou que o Conselho escolar deve propor alternativas que aproxime a comunidade da realidade escolar, pois a comunidade que é ativa na escola só faz ajudar no desenvolvimento dos educandos. Os pais que são presentes e percebem o trabalho da escola, auxiliam no crescimento de seus filhos. Somente o fato de compreenderem o trabalho da equipe escolar e se sentirem seguros já fortelece a qualidade de aprendizagem do aluno.
      Luciane Aparecida Lobo Santucci
      EMEI"Arco-Íris".

      Excluir
    3. Maria de Lourdes Silva4 de julho de 2012 23:47

      Gostei Luciane de sua colocação em que se diz que o fato da compreensão do trabalho da equipe, do acompanhamento da educação e do trabalho que está sendo desenvolvido, como pontos que ajudam ,pois acredito também que é muito promissor, dá a nós e aos alunos muita confiança e força der vontade!

      Maria de Lourdes

      CEIM VILA DOM SÍLVIO

      Excluir
  13. Nunca se falou tanto em cidadania e respeito como nos últimos tempos e com certeza a escola é palco para a construção da cidadania, pois através da educação é resgatada a dignidade das pessoas, possibilitando todos a terem os mesmos direitos e ciência de seus deveres, almejando uma sociedade e mundo melhores de viver, nesse contexto o Conselho Escolar tem papel fundamental, pois através dele os pais podem participar efetivamente da educação de seus filhos.
    Através do Conselho Escolar poderia realizar atividades em finais de semana, atividades diferenciadas, possibilitando uma aproximação aluno/escola/família, isso é gestão democrática, escola democrática, educação democrática, isso é cidadania.
    Silvana Eloá de Moura
    EMEI “Arco-Íris”

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cocordamos com você Silvana ... nunca se falou tanto em cidadania, mas que bom, antes tarde do que nunca,né? E a escola é realmente um dos segmentos que deve propiciar essa conscientização, devendo começar por ela mesma, por meio de seus funcionários, professores, gestores e membros do Conselho Escolar.Aí sim teremos uma gestão democrática participativa, conhecedora de seus direitos e deveres, caminhando assim para uma cidadania plena.

      Fubcionárias do CEIM Distrito de Toriba do Sul - Edite, Vanda, Teresa, Joana e Maria Cristina.

      Excluir
    2. É isso mesmo Silvana, diante disso podemos dizer que a gestão democrática e a formação do professor são fatores determinantes para qualidade social da educação, que forma indivíduos críticos e criativos, preparados para o pleno exercício da cidadania.

      Cecilia Alves Proença
      EMEI Arcelo-Íris

      Excluir
  14. A escola está situada em um determinado espaço e pode desempenhar um papel importante no seu entorno visando contribuir para o exercício coletivo da cidadania. Dependendo do nível de inserção e compromisso com a comunidade, a escola constitui um espaço estratégico para o desenvolvimento de ações coletivas que materializam o exercício de sua função social. Esse papel não é fácil de ser exercido, haja vista que a escola, no Brasil, está imersa nas relações sociais capitalistas que põem limites à sua ação. Contudo, de modo contraditório, a escola pode contribuir, sobretudo, com a indução sistemática quanto à necessária articulação entre as ações pedagógicas e políticas para a formação de um cidadão crítico e criativo capaz de concorrer para as mudanças profundas na sociedade. O Conselho Escolar pode exercer um papel relevante na gestão escolar (pedagógico-administrativa) contribuindo para a construção e implementação do projeto político-pedagógico da escola e para o alargamento do horizonte cultural dos estudantes.
    Nesse processo, o Conselho Escolar, ao atuar plenamente, no sentido de contribuir com a ampliação das oportunidades de aprendizagens dos estudantes, não só se fortalece como instância de controle social como também auxilia a escola pública no cumprimento de sua função social.
    Maria Betânia Falsarella
    CEIM-Itaberá

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. “A escola está situada em um determinado espaço e pode desempenhar um papel importante no seu entorno visando contribuir para o exercício coletivo da cidadania. Dependendo do nível de inserção e compromisso com a comunidade, a escola constitui um espaço estratégico para o desenvolvimento de ações coletivas que materializam o exercício de sua função social.” Realmente Betânia o papel da escola é importantíssimo para a promoção da cidadania, e claro nesse contexto o Conselho Escolar promove uma ligação capaz de promover resultados satisfatórios para todos.

      Alexandra Cristina Ferreira Silva
      CEIM – Casa de Jesus

      Excluir
    2. Olá Betania,boa reflexão onde diz que o conselho escolar atuando plenamente, no sentido de contribuir com a ampliação das oportunidades de aprendizagens [...] auxilia a escola pública no cumprimento de sua função social, que em suma é formar cidadãos e prepará-los par cidadania.
      Eliete Gomes Machado Gil
      EMEI "Arco-Íris"

      Excluir
    3. eu acho muito importante a sua reflexaõ betania que a escola tem grande funçao social com toda a comunidade, e com isso preparar mos cidadoes concientes.
      lucimara j. almeida
      c.e.i.m itabera

      Excluir
    4. Sem duvida Lucimara, é um trabalho árduo que necessita de grande apoio, qualificação por parte dos professores para despertar esse saber, essa motivação, sem deixar de mencionar que é fundamental esse trabalho se iniciar na Educação Infantil para dar um suporte ara as demais idades.

      Filomena Tonon Cimatti
      CEIM Itaberá

      Excluir
    5. Todos sabem da importância do Conselho Escolar dentro de uma escola, mas o que impedem então a mudança tão esperada?Por pequenas que sejam elas nem sempre acontecem. Será por comodismo? Sair da zona de conforto traz anseios e preocupações, mas não devemos desistir,a busca de um mundo mais humano é preciso!

      Márcia Gomes
      CTP-Oficina Pedagógica-SME

      Excluir
  15. Alessandra P.de Paula3 de julho de 2012 21:56

    Hoje em dia no Brasil o ideal de igualdade, também surge no debate sobre as políticas públicas direcionadas ao atendimento da população, em um país marcado pela injustiça e por desigualdades socioeconômicas, onde reverter esse quadro exige esforços por parte do governo e da sociedade.Nessa visão, a escola tem um papel central a desempenhar no projeto de desenvolvimento,além do cumprimento das funções sociais e pedagógicas que lhes são próprias,que sejam também indutoras de novas formas de sociabilidade humana que influenciem o padrão de desenvolvimento e democracia.Defendendo a tese de que quanto mais cumpre sua função social, mais a escola contribui para a formação de homens e cidadãos íntegros, críticos e participativos.
    A escola pode contribuir também, combate a exclusão social, e não se pode deixar de levar em conta que tal situação só será modificada quando questões de ordem social, política e econômicas forem reduzidas.Para diminuir essa distância, é necessário que o poder público desenvolva políticas públicas em todos os campos, garantindo assim a efetivação desses direitos.
    A educação escolar tem como um de seus principais objetivos, contribuir para a socialização, em sentido amplo, envolvendo todos os aspectos da vida em sociedade.Tendo em vista o cumprimento deste papel, a escola não deve se descuidar da preparação para o exercício da cidadania.Sendo assim, o Conselho Escolar pode exercer um papel relevante na gestão escolar, contribuindo para a construção e implementação do projeto político-pedagógico da escola e para o alargamento do horizonte cultural dos estudantes, visando à construção de um mundo mais igual, ético, fraterno e solidário.
    E é nesse processo, que o Conselho Escolar ao atuar plenamente, no sentido de contribuir com a ampliação das oportunidades de aprendizagens dos estudantes, ele não só se fortalece como instância de controle social como também auxilia a escola pública no cumprimento de sua função social.


    Alessandra P. de Paula
    CEIM Itaberá
    AT.01_cad.10

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Lê o “x” da questão é bem mais fundo do que imaginamos, há tantas injustiças, desigualdades, há também a má distribuição das políticas públicas direcionadas ao atendimento da população que de um modo geral envolve o aluno e sua família, enfim é necessário um olhar direcionado afim para que realmente modifique essa realidade, com ajuda dos governos, políticos, para que se possa mudar essa triste e injusta realidade que interfere diretamente na vida escolar.

      ANA PRISCILA BEGO PEREIRA
      CEIM Itaberá

      Excluir
    2. Ana Priscila também acredito que há injustiças, desigualdades e má distribuição das políticas públicas o que atinge diretamente a vida escolar dos alunos. Há muito que se fazer realmente, e as coisas só começaram a dar certo, quando todos estiverem cientes que a EDUCAÇÃO é a chave para o progresso da sociedade.

      Luciane Magna Almeida
      CEIM – Casa de Jesus

      Excluir
    3. Concordo com você Luciane, pois a educação é que faz a diferença e não pode ser deixada de lado enquanto outras coisas são privilegiadas. O mundo precisa de transformação, e é com a Educação que conseguiremos.Portanto é necessário trabalharmos sempre juntos a fim de buscar melhorias e não deixar que ela fica em segundo plano.

      Maria Creuza

      CEIM VILA DOM SÍLVIO

      Excluir
    4. Boa noite Alessandra! Concordo com a sua colocação quando diz que a educação escolar tem como um de seus principais objetivos, contribuir para a socialização, em sentido amplo, envolvendo todos os aspectos da vida em sociedade.Tendo em vista o cumprimento deste papel e a escola não deve se descuidar da preparação para o exercício da cidadania.

      Maria Betânia Falsarella
      CEIM-Casa de Jesus

      Excluir
  16. Luciane Santucci4 de julho de 2012 11:13

    A escola tem uma função muito importante que é formar cidadãos críticos e participativos.Para isso,a mesma deve promover um ensino de qualidade, buscando envolver a comunidade e fazer com que os alunos reflitam e aprendam dentro da própria escola como é viver em sociedade, isto é, como viver em cidadania coletiva, repeitando e colaborando para o bem comum.
    E o papel do Conselho Escolar é contribuir para que isso ocorra. Para tal, é preciso a fiscalização e a participação direta do conselho escolar. Também é necessário que se faça um elo entre escola, família e comunidade.
    Luciane Aparecida Lobo Santucci
    EMEI"Arco-Íris"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alessandra P.de Paula5 de julho de 2012 22:44

      Boa noite Luciane, concordo com você quando diz que a escola tem uma função importante, a de formar cidadãos críticos e participativos.E para que isso se realize ela tem que promover ensino de qualidade, contando também com a comunidade aonde esses alunos aprenderam dentro da própria escola como é viver em sociedade.

      Alessandra P. de Paula
      CEIM Itaberá

      Excluir
    2. Boa noite Lu. Realmente o elo escola comunidade se faz muito importante. Para construção de laços sólidos precisamos desenvolver estratégias de conscientização do papel de cada membro da comunidade escolar na construção de uma educação de qualidade tendo como foco a criança e suas especificidades, o respeito a sua cultura e suas necessidades.
      Marisa Cristiano, EMEI “Arco-Íris”

      Excluir
  17. A escola além de contribuir para o exercício da cidadania, ela deve promover a cidadania aos alunos, os tratando dignamente como cidadãos que são desde o nascer e sensibilizá-los numa formação de cidadania, de conhecimento de seus direitos e deveres, que devem respeitar as diferenças para serem respeitados e mais que ensinar ou doar-se, é preciso ensiná-los a pescar nas águas da vida e vivência em sociedade. O conselho escolar em seu papel emancipador deve elaborar estratégias que traga as famílias para o ambiente escolar, para uma parceria entre escola/aluno/família/professor, somando forças para uma educação de qualidade.
    Vanilda de Fátima Mendes de Souza
    EMEI “Arco-Íris”

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Vanilda, concordo com você quando diz que é preciso firmar parcerias entre escola/aluno/família/professor, pois todos precisam estar em sintonia pela mesma causa e buscar sempre o melhor para garantia da cidadania de todos.
      Edinéia Aparecida Gomes Machado
      EMEI "ARCO-ÍRIS"

      Excluir
    2. Nilce Regiane Camargo4 de julho de 2012 23:32

      Exatamente Néia, não pode-se perder este elo: escola/aluno/família/ professor, pois se não houver não há como entrar em sintonia,e por fim não há a cidadania.

      Nilce Regiane Camargo

      Ceim Vila Dom Sílvio

      Excluir
    3. Concordo com você Vanilda Souza, que o Conselho Escolar deve elaborar estratégias para uma parceria entre escola/aluno/família/professor/funcionários, pois é visível a fragmentação das atividades da escola. Cada um faz seu serviço e não conversam entre si, isto é executam ações fragmentadas e desconectadas precisamos resgatar a unidade de trabalho escolar como um todo, elaborando, executando e avaliando de forma conjunta.

      Cecilia Alves Proença
      EMEI Arco-Íris

      Excluir
  18. neusa gineli ceim dom silvo4 de julho de 2012 12:30

    Vejo que o compromisso dos 189 paises , de se comprometer para que estes objetivos de problemas sociais citado no texto , já são consequência do grande projeto e econômicos capitalista desenvolvimento que a séculos contribui para esta realidade de desigual dada, injustiça e desvalorização humana. Citei como um projeto , porque como escola devemos nos compromete através também de projetos sociais, baseado na realidade do espaço e do publico que trabalhamos , discuti, elaboras junto com a comunidade, ações que ajudem as próprias pessoas da comunidade de se sentirem digna de buscar e lutar pela sua cidadania.
    O coletivo de conselho de escala, deve primeiramente de se comprometer , com estes projetos sociais, transformar em eventos comunitários, atividades culturais, ações voltadas para própria necessidade da comunidade e da escola OCE deve ter o compromisso de trazer estes projetos para a proposta politica pedagógica , transformado estes, nos planejamento e rotina dos professores em sala de aula ,buscar internamente na escola interação do social e da pedagógica . vejo que com projetos dos grandes se constitui esta desigualdade , injustiça e com projetos dos pequenos que vai se erradicar a pobreza e transformar esta realidade na busca de uma sociedade mais humana para todos.

    ResponderExcluir
  19. O exercício da cidadania deve ser privilegiado na escola, desde as concepções que norteiem a escola à elaboração conjunta e coletiva do P.P.P., assim através de ações simples dá-se espaço a cidadania, assim contribuindo para uma sociedade mais justa e igualitária, onde todos são respeitados e o Conselho Escolar e seus conselheiros e toda a comunidade devem formar parcerias em prol da educação, educação de e para todos.
    Jovelina Laitz Barros
    EMEI “Arco-Íris”

    ResponderExcluir
  20. A escola tem como papel fundamental além de ensinar as disciplinas clássicas, ensinar os alunos á pensarem, á agirem por si próprios, tornarem-se cidadãos críticos, participativos e reflexivos, isso é exercício de cidadania, ter consciência de que formação está sendo ofertada aos alunos. Sendo o Conselho Escolar um órgão deliberativo, democrático e emancipador deve acompanhar, fiscalizar e colaborar par o melhor desempenho do processo ensino-aprendizagem, automaticamente desenvolvendo seu papel de agente transformador e propulsor da cidadania.
    Virgilina Pires Cardoso Almeida
    EMEI “Arco-Íris”

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Márcia Ferreira Magalhães12 de julho de 2012 15:49

      Realmente a escola é o lugar que mais pode contribuir para a formação do indivíduo como ser pensante e é na articulação entre as ações pedagógicas e políticas que se afirmam ações para a formação de um cidadão crítico e criativo capaz de concorrer para as mudanças profundas na sociedade.
      Márcia Ferreira Magalhães - EMEI "Arco-Íris".

      Excluir
    2. É preciso que haja mudança na mentalidade, mudança de postura, de todos nós, para que as ideias saia do papel e transforme em ações reais mudando com isso a sociedade como um todo.

      Excluir
  21. A escola tem grande participação para o exercício da cidadania, para isso,ela deve formar um cidadão crítico, consciente e participativo, aquele que irá perceber o mundo a sua volta e transformá-lo. Irá respeitar a todos,lutar por seus direitos e cumprir seus deveres. Ou seja, realizar aquilo que possui em sua proposta pedagógica que visa a formação de um cidadão para atuar na sociedade.
    E o Conselho Escolar existe para fiscalizar, ser um órgão deliberativo e participativo para que todos possam através dele ver, analisar e procurar melhorar as propostas que estão sendo desenvolvidas e fiscalizar aquelas que ainda irão ser desenvolvidas. E estas propostas de acordo com o pleno desenvolvimento da cidadania, visando atividades e projetos que incluam a escola e a comunidade.

    Aline Lacerda
    CEIM VILA DOM SÍLVIO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você Aline, e realmente o Conselho Escolar deve estar "presente" na Unidade Escolar,atuando como órgão normativo, deliberativo e participativo e não só fiscalizador como era até então; só assim estaremos trabalhando e lutando em pról de uma sociedade mais justa, igualtária e caminhando para o desenvolvimento e crescimento de uma democracia de fato e de direito.

      Heloisa Barros- Coord. Pedag. CEIM Distrito de Toriba do Sul.

      Excluir
    2. parabens aline e heloisa voces falaram tudo temos que sempre seguir esse ideal para que nossa escola so caminhe para o desenvolvimento pleno.
      juvelina ap. gonçalves
      c.e.i.m. dom silvio

      Excluir
  22. Maria de Lourdes Silva4 de julho de 2012 23:12

    A escola pode contribuir para o exercício coletivo da cidadania a partir do momento em que sua equipe se volta para a preparação do sujeito para a vida em sociedade, é nela que muitas ideologias são firmadas, tendo como base atividades em grupo, que explorem o bem de todos e que haja respeito entre todos.
    Assim a escola estará contribuindo para a formação de u sujeito mais crítico, consciente e participativo.
    Já o Conselho Escolar tem seu papel importantíssimo nesta contribuição através de sua fiscalização, pois através dele, pode-se encontrar atualizado sobre os resultados que a escola estará obtendo a partir de suas ações, bem como através de suas atitudes sobre o PPP, este que é a base para o trabalho, o ponto de partida. E assim, com a fiscalização, o Conselho poderá propor melhorias, reivindicar, alterar e colaborar nas ações, assim como incentivar ainda mais a participação de todos e ampliar os trabalhos que estão sendo desenvolvidos, voltando-se mais para o respeito e bem estar de iodos na sociedade e também para a melhoria da sociedade inserida.


    Maria de Lourdes
    CEIM VILA DOM SÍLVIO

    ResponderExcluir
  23. A escola pode colaborar para o exercício da cidadania através dos ensinamentos, buscar em cada trabalho, atividade, abordar a realidade, buscar sempre a vida cotidiana, fazendo com que seus alunos estejam atentos a sociedade e passem a ter um olhar crítico e através disto, possam ser participativos, que possam saber exigir seus direitos e que também saibam cumprir seus deveres.
    Quanto ao Conselho Escolar cabe estar atento para ver as necessidades da escola, da comunidade e da equipe, buscando sempre novas alternativas para serem trabalhadas e estar sempre fiscalizando as ações tomadas, para buscar mais melhorias, que visam o melhor para os indivíduos e que contribuam para a sua formação.


    MARIA CREUZA
    CEIM VILA DOM SÍLVIO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maria Creuza, isso mesmo cidadania já é o próprio ato ensinar/aprender, fazer com que os alunos estejam atentos a sociedade que vivem e tenham olhar crítico, para que possam se posicionarem coerentemente nas mais diversas situações que se depararem. Amor e compremetimento por aquilo que faz é um ato de cidadania.
      Virgilina Pires Cardoso Almeida
      EMEI "Arco-Íris"

      Excluir
    2. realmente maria creuza o conselho escolar tem que estar sempre atento a todas necessidades de sua escola e tamben sua comunidade , e sempre juntas procurando melhorias para nosso ensino.
      juvelina ap. gonçalves

      Excluir
  24. Nilce Regiane Camargo4 de julho de 2012 23:29

    A escola pode contribuir para o exercício da cidadania através de seu incentivo à participação de todos nas decisões, no acolhimento da comunidade como parte integrante e essencial da equipe, através de atividades que envolvam a sociedade em geral, para que estas possam criar um gosto por decisões, por participação, para que possam possam ainda ser mais críticos e terem mais consciência da sociedade em que estão inseridos e passem a lutar para a sua melhoria, assim como fazer cumprir com seus deveres e buscarem o respeito a si.
    O Conselho Escolar pode ajudar através de novas ideias, novas atitudes que podem ser tomadas,através de um olhar mais crítico, podem dizer o que precisa ser melhorado e o que está bom, ajudando a escola a se organizar, verificando se o PPP está sendo trabalhado e se tudo está de acordo, propondo capacitações para os profissionais, entre outros.


    Nilce Regiane Camargo

    CEIM VILA DOM SÍLVIO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Nilce Regiane concordo quando diz que uma das contribuições da escola para o exercício da cidadania é o acolhimento da comunidadde como parte integrante e essencial da equipe, pois é preciso união entre todos os envolvidos na educação, não haver relações isoladas entre comunidade e equipe escolar.
      Vanilda de Fátima Mendes de Souza
      EMEi "Arco-Íris"

      Excluir
  25. neusa gineli CEIM Dom Silvo5 de julho de 2012 18:50

    muito bem Regiane,a escola pode ajudar para o exercício da cidadania acolhendo e estimulando a comunidade a lutar pelos seus próprios direitos de cidadões, pelas necessidades sociais em que ela se encontra entre elas a qualidade da educação de seus filhos e de sua comunidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com vocês meninas, a escola com o apoio da comunidade, principalmente os pais consegue desenvolver um trabalho melhor, pois é a união que faz a força.É necessário valorizar a todos e acolher a todos que de alguma forma se disponibilizam em ajudar no desenvolvimento da educação de nossas crianças e construção de um mundo melhor e mais justo.

      Aline Lacerda
      CEIM VILA DOM SÍLVIO

      Excluir
    2. Concordo com você Aline quando disse que temos da foprma que podemos, contribuir para a melhoria da educação e construção de um mundo melhor, pois esta é a ideia que devemos ter em mente quando estamos exercendo nossas funções, assim concerteza teremos bons resultados.

      Maria Creuza

      CEIM VILA DOM SÍLVIO

      Excluir
  26. A escola tem um papel muito importante na contrtibuiçao do uso coletivo da cidadania ,acolhendo ,estimulando toda a comunidade a viver com olhar critico,e possam ser participativos procurando fazer seus deveres e reividicando seus direitos ,juntos com conselho escolar formando parcerias em prol educaçao.
    lucimara j. almeida
    c.e.i.m. itabera

    ResponderExcluir
  27. A escola hoje em dia tem ideal de igualdade ,e com isso um grande papel a desempenhar , com projetos de desenvolvimento acolhendo e estimulando toda a comunidade , a viver uma cidadania de pessoas integras ,criticas e criativas, e com a ajuda do conselho escolar podemos ter grandes avanços ,possibilitando uma aproximaçao ,de toda a familia com a gestao democratica de cada escola.
    juvelina ap. gonçalves
    c.e.i.m dom silvio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria de Lourdes Silva6 de julho de 2012 17:38

      Como bem disse Juvelina, a escola possui grande responsabilidade, pois prepara a todos para a vida em sociedade.
      A Escola é provedora da cultura humana e é através do diálogo reflexão-teoria-prática-reflexão que o conhecimento é adquirido com a finalidade de emancipação e de transformação política e social.
      Assim, pode-se concluir que ela possui um grande papel no exercício da cidadania, uma vez que através dela incentivamos nossos alunos a conhecer viver no meio social.

      Maria de Lourdes

      CEIM VILA DOM SÍLVIO

      Excluir
    2. Luciane Santucci6 de julho de 2012 19:41

      Boa noite Juvelina! Concordo com você quando comenta sobre o conselho escolar, dizendo que com a ajuda do mesmo podemos ter grandes avanços. Mas todos os integrantes do conselho escolar devem estar conscientes da responsabilidade e de como se deve trabalhar para este avanço. Aí está a importância deste curso.
      Luciane Aparecida Lobo Santucci
      EMEI"Arco-Íris"

      Excluir
  28. Nilce Regiane Camargo6 de julho de 2012 17:34

    "Educar É um exercício De imortalidade. De alguma forma Continuamos a viver Naqueles cujos olhos Aprenderam a ver o mundo Pela magia da nossa palavra. O professor, assim, não morre jamais...Entendo assim A tarefa primeira do educador: Dar aos alunos a razão para viver”.
    RUBEM ALVES

    Acredito que a escola, bem como, toda sua equipe despertam o desejo no aluno de crescer, se desenvolver, ser alguém de respeito; faz dos educandos Sonhadores, e cabe a nós, a equipe escolar, membros do CE, pensarmos se estamos agindo assim, será que estamos sendo exemplo de respeito, de pessoas eficientes naquilo que fazemos? Qual será a imagem que passamos aos nossos alunos? É nosso dever pensar nisso e a partir dai analisarmos nossas ações e melhorarmos! Não podemos deixar um sonho ser destruído, temos que auxiliar nossos pequenos nesse momento de desenvolvimento, mostrando e fazendo com que eles conheçam as principais coisas de seu mundo, temos que ajudá-los a serem cidadãos, ensinar-lhes um caminho bom e contar-lhes sobre aquele que não é bom; assim como, dizer-lhes o que é bom, o que não é, o que é certo e o que não é; mostrar-lhes quantas injustiças há no mundo, mas dizer-lhes que apesar de tudo, se sermos pessoas boas,que possuem Deus em seu coração e se agirmos pelo bem, sempre conseguiremos alcançar nossos sonhos. É nosso dever, preparar nossos alunos para o mundo!

    Nilce Regiane Camargo

    CEIM VILA DOM SÍLVIO

    ResponderExcluir
  29. A escola pode contribuir para o exercício coletivo da cidadania, sendo uma escola que se preocupa com a formação global, que enxergue a criança sob seu aspecto social, cognitivo moral e emocional. Que contemple uma visão em que o conhecer e o incentivar no real se encontrem. Mas para isso é preciso saber trabalhar com as diferenças e com as desigualdades, isto é, é preciso conhecê-las, não camuflá-las e aceitar que para me conhecer, preciso conhecer o outro.
    Por isso o papel do Conselho Escolar é garantir a efetiva participação de todos e fiscalizar, incentivar e ampliar os trabalhos na busca de transformação e desejo de construção de uma sociedade igualitária e justa.
    Cecilia Alves Proença
    EMEI Arco-Íris

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cecília você foi muito feliz na sua assertiva, principalmente "in fine", quando assim aduz:"...o papel do Conselho Escolar é garantir a efetiva participação de todos e fiscalizar, incentivar e ampliar os trabalhos na busca de transformação e desejo de construção de uma sociedade igualitária e justa". Concordo com você é bem isso, o Conselho deve participar plenamante na Unidade Escolar, tanto nas decisões como na elaboração do PPP.

      Heloisa Barros.

      Excluir
  30. Márcia Ferreira Magalhães12 de julho de 2012 15:38

    A escola hoje atende a um grande contingente de estudantes oriundos de famílias que vivem em situação de pobreza e em ambientes socialmente degradados. Precisamos trabalhar a formação de indivíduos que pensem, pois muitas vezes a exclusão está incutida no próprio ser humano. Assim a escola deve junto com o Conselho de Escola incentivar o princípio da Igualdade Social, desenvolvendo projetos que tenha o homem como cerne, constituindo um desafio para todos aqueles que lutam por uma sociedade justa, o que compreende a luta por uma escola que se constitua efetivamente um espaço de formação para a Cidadania. É evidente que uma escola que desenvolve ritos e práticas no seu cotidiano que vão além do processo de ensino aprendizagem de conteúdos reservados a cada nível e modalidade de ensino, desde a forma de exercício da gestão da escola até as relações professor-aluno em sala de aula, ou seja, a vinculação entre Conselho Escolar, a Gestão da Educação, os Processos de Ensino e Aprendizagem e a busca de Padrões de Igualdade na relação entre Educação e Desenvolvimento Social, contribui para o exercício coletivo da cidadania.
    EMEI "ARCO-ÍRIS"

    ResponderExcluir
  31. Um dos objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil é a construção de uma sociedade livre, justa e solidária. Para construir-se uma sociedade justa se faz necessária a erradicação da pobreza e a promoção do bem de todos sem preconceito e discriminação. Sabemos que a erradicação da pobreza não se dará sem movimentos políticos e vontade dos nossos governantes, porém temos que prezar a justiça e a solidariedade dentro da escola. O começo de tudo está na efetiva participação do Conselho de Escola na construção de uma escola justa, onde o aluno e suas reais necessidades são vistos como foco prioritário de trabalho.
    Marisa Cristiano , EMEI “Arco-Íris”

    ResponderExcluir
  32. Bem isso Marisa ... " Um dos objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil é a construção de uma sociedade livre, justa e solidária. Para construir-se uma sociedade justa se faz necessária a erradicação da pobreza e a promoção do bem de todos sem preconceito e discriminação...", justamente por isso nossa Constituição de 1988 é conhecida como "Constituição Cidadã"

    Heloisa Barros - CEIM Toriba do Sul.

    ResponderExcluir
  33. O Conselho Escolar exerce um papel preponderante na gestão escolar pois contribui a construção e implementação de melhorias em todos os segmentos. Sendo assim, o Conselho Escolar, ao atuar plenamente, no sentido de contribuir com a ampliação das oportunidades de aprendizagens dos estudan-tes, não só se fortalece como instância de controle social como também auxilia a escola pública no cumprimento de sua função social.

    Filomena Tonon Cimatti
    Cad 10 – At. 01
    CEIM ITABERÁ

    ResponderExcluir
  34. A escola sem dúvida prepara o individuo para o exercício da cidadania, quando internaliza princípios e valores, contribuindo para a socialização envolvendo todos os aspectos da vida em sociedade. E o papel do Conselho Escolar é contribuir articulando entre as ações pedagógicas e políticas para a formação de um cidadão que seja capaz de mudar profundamente uma sociedade.
    Isso requer do Conselho Escolar a organização de situações de debate e de estudos que integre todos os segmentos da comunidade escolar para que juntos possam compreender o vínculo do fazer pedagógico com as demais práticas sociais, tendo como base de sustentação o Projeto Político Pedagógico, cujo objetivo maior é o respeito e a dignidade ao ser humano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. silvia Cristina de Barros Gomes1 de agosto de 2012 20:27

      Oi Márcia, concordo plenamente quando diz do envolvimento de todos nesse processo. Penso também que o comprometimento com a construção do PPP deve trilhar caminhos de forma conjunta, para assim alcançar os objetivos que realmente estão necessitados e promover uma significativa mudança na sociedade.
      Silvia Cristina de Barros Gomes
      EMEI”Arco-Iris”

      Excluir
  35. Adilson oliveira da cruz26 de julho de 2012 17:41

    A escola é o melhor ambiente que conhecemos na qual o conhecimento é construído diariamente.É nesse ambiente que se encontra o reflexo da comunidade local e com ela aparece também diversos fatores singulares(racismo,pobreza entre outros)que deve ser trabalhado diariamente no decorrer do ano letivo.Esses valores também deve voltar refletido como resposta à sociedade para que ela seja transformada através de práticas sociais que a escola pode trabalhar com a comunidade. Acredito que pode ser um bom caminho a seguir quando todos escola e comunidade andam de mãos dadas.

    ResponderExcluir
  36. Adilson Oliveira da Cruz26 de julho de 2012 18:12

    Concordo com vocês Cecília e Vanilda Souza. O conselho escolar deve elaborar estratégias para que haja mais parceria entre aluno /professor/ funcionários e família.Se todos abraçar a mesma causa e trabalhar para um só propósito, assim todos saem ganhando .Quando cada um faz a sua parte e está de acordo com o mesmo pensamento a comunidade escolar agradece.

    ResponderExcluir
  37. Adilson Oliveira da cruz26 de julho de 2012 19:23

    O conselho escolar como já estudamos anteriormente é o órgão deliberativo ,participativo e fiscalizador que toda comunidade escolar deve ter .É ele que garante a melhoria quando há um grupo de pensantes ou seja o colegiado.O conselho tem como função participar democraticamente ao analisar situações onde há melhoria para a escola .Só assim será encontrado soluções cabíveis e crescimento social quando a tomada de decisão passa a ser coletiva.

    ResponderExcluir
  38. silvia Cristina de Barros Gomes1 de agosto de 2012 20:03

    A escola é fonte transformadora de um futuro promissor, através dela o aluno se constrói e se desenvolve. Na escola o aluno tem acesso à cultura, conhecimentos, valores, passando a ter um olhar crítico e assim garantindo seus direitos e deveres. Contudo, é importante ressaltar, a grande presença das desigualdades existentes em nosso sistema de ensino, muitas crianças faltam à escola para se dedicarem ao trabalho infantil, outras não se sentem motivadas a participar da rotina escolar devido a desestrutura familiar, com prejuízo no desenvolvimento da aprendizagem. Porém, a nossa constituição, é enfática no que diz respeito ao direito a educação de todos os cidadãos de nosso PAÍS, independente da cor, raça ou religião, todos os indivíduos de nossa sociedade, tem assegurado por lei o direito à educação. È sabido de tudo isso, mas na realidade é necessário que haja mais conscientização de todos os envolvidos no contexto escolar, para que de fato a promoção da desigualdade não esteja apenas em projetos utópicos, mas que seja algo concreto rumo ao processo da desigualdade.
    Silvia Cristina de Barros Gomes
    EMEI "Arco-Iris"

    ResponderExcluir